×

LGBTs no esporte | Levantadora de peso da Nova Zelândia é a primeira mulher trans a competir em Olímpiadas

Laurel Hubbard, da Nova Zelândia, fez história nesta segunda (02/08) ao se tornar a primeira mulher transsexual a competir em uma Olimpíada, ao disputar o levantamento de peso, na categoria acima de 87kg.

segunda-feira 2 de agosto | Edição do dia

Laurel Hubbard competindo em Tóquio. (Foto: Edgard Garrido/Reuters)

Hubbard, no entanto, não conseguiu medalha. Ela tentou levantar 120kg na primeira tentativa, e 125kg nas duas seguintes. Porém, não foi capaz em nenhuma das 3 tentativas. Mesmo sem ter ganho a medalha, Hubbard ainda assim fez história nos Jogos.

É fundamental defender o direito do todas as atletas, cis ou trans, de competir em seus esportes, na Olimpíada ou outras competições, enquanto um direito elementar, contra todo tipo de transfobia que busca cercear este direito.

O COI permitiu que Hubbard, e outras atletas transgêneros, disputasse as Olimpíadas. No entanto, o COI mede os níveis de testosterona de atletas trans, algo que não é feito com atletas femininas cis. Ainda assim, aconteceram diversas críticas a esta permissão do COI, que garante um direito básico, o de disputar a competição.

O pódio acabou sendo formado pela chinesa Li Wenwen, com o ouro, a britânica Emily Jade Campbell com a prata, e a americana Sarah Elizabeth Robles, com o bronze.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias