×

Campinas | Major Jaime, vereador bolsonarista, persegue EMEF Maria Pavanatti

Neste início de ano a comunidade escolar da Escola Municipal Maria Pavanatti foi surpreendida com um requerimento assediador, asssinado pelo vereador bolsonarista Major Jaime (PP).

terça-feira 15 de março | Edição do dia

O vereador, em clara atitude persecutória, solicita o nome da diretora e coordenadora da escola. Não suficiente, faz um conjunto de acusações, expondo fotos e atividades da escola, insinuando que os professores fazem perseguição ideológica.

O reacionário Major Jaime quer nada mais, nada menos ressuscitar o movimento Escola sem Partido para controlar, censurar e perseguir a atividade docente. É necessário repudiar essa atitude autoritária e defender a comunidade escolar deste tipo de assédio e exposição.

A reacionária câmara municipal de Campinas possui um histórico de perseguições machistas e ataques a liberdade de cátedra na educação. Desde 2017, com a campanha fervorosa para se aprovar um projeto de lei que proibia professores de falar de gênero ou política na escola. Nas sessões é comum escutar discursos misóginos pronunciados pelos vereadores de direita. Não é por acaso, que o “ministro da cultura” Mario Frias escolheu Campinas, para propor junto a bancada de aliados de Bolsonaro, o lugar ideal para propor um busto em homenagem a Olavo de Carvalho.

O requerimento de Major Jaime é mais uma desses assédios cometidos pela direita da cidade que busca censurar qualquer forma de pensamento crítico. Nós do Esquerda Diário e do Movimento Nossa Classe Educação nos solidarizamos com professores e a comunidade escolar do Pavannatti repudiando Major Jaime e mais essa afronta da direita machista e reacionária da cidade.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias